Samu vai atender mais de 200 mil habitantes da Região Metropolitana de Curitiba
19/06/2018 12:02 em Novidades

Os municípios de Almirante Tamandaré, Rio Branco do Sul, Cerro Azul, Adrianópolis, Doutor Ulysses, Itaperuçu e Tunas do Paraná já contam com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o Samu, Metropolitano. A governadora Cida Borghetti inaugurou nesta segunda-feira uma nova base, localizada em Almirante Tamandaré. A nova sede vai ter cinco ambulâncias, sendo que dois veículos vão atender a população de Almirante Tamandaré e Região e outros três vão ficar em Rio Branco do Sul, Cerro Azul e Adrianópolis. Um deles, totalmente equipado, foi comprado pelo Governo do Estado com custo de 215 mil e 600 reais. O novo espaço vai atender cerca de 208 mil habitantes que até então não eram contemplados pelo serviço. A governadora lembrou que, em 70 dias à frente do governo, já foram liberados mais de 3 bilhões de reais para os municípios do Estado por meio de convênios e autorizações de licitações.// SONORA CIDA BORGHETTI//

Na mesma solenidade, que contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, Cida Borghetti também autorizou o repasse de 600 mil reais para a construção de mais uma unidade de saúde em Almirante Tamandaré, o pagamento de 120 mil reais referentes à construção de uma segunda unidade, anunciada na semana passada no Palácio Iguaçu, em Curitiba, e também confirmou o repasse de mais 200 mil reais para a compra de um aparelho de raio-X. Segundo o secretário da Saúde, Antônio Carlos Nardi, com a inclusão dos sete municípios, 27 das 29 cidades da Região Metropolitana de Curitiba passaram a contar com o serviço do Samu.// SONORA ANTÔNIO CARLOS NARDI//

O secretário afirmou, ainda, que cerca de 3 milhões e 400 mil pessoas, que representam 98% de toda a região metropolitana, têm cobertura do Samu. De acordo com ele, os municípios de Quatro Barras e Campina Grande do Sul, os dois únicos que não fazem parte do Samu, já sinalizaram que têm a intenção de participar do serviço. O prefeito de Almirante Tamandaré, Gerson Colodel, afirmou que a nova sede do Samu é fundamental para a melhora da saúde da região.// SONORA GERSON COLODEL//

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, que é médico por formação, a nova sede vai mudar a cara das cidades.// SONORA ALBERTO BELTRAME//

O Samu Metropolitano de Curitiba, que recebe do governo estadual 1 milhão e 200 mil reais para custeio, conta com 43 ambulâncias de suporte básico e 15 de suporte avançado. O Paraná tem 12 Samus regionais, com 62 unidades de suporte avançado, 154 unidades de suporte básico, cinco helicópteros e um avião para atendimento da Unidade de Terapia Intensiva. No total, 343 municípios paranaenses, que concentram 90% da população do Estado, são atendidos pelo Samu. Diariamente, são 1.700 atendimentos de emergência, 180 com UTI móvel e sete por meio do helicóptero. Além disso, todos os dias, 980 pacientes são encaminhados para unidades de assistência e são atendidas 1.900 ligações. O custeio mensal do governo estadual com toda a rede do Samu é de 4 milhões e 700 mil reais. (Repórter: Priscila Paganotto)

 

 

-- 

Secretaria de Comunicação Social
Setor de Rádio
(41) 3210-2561
COMENTÁRIOS